RETIRE SEU CERTIFICADO/DECLARAÇÃO/RECIBO ONLINE

Notícias

Arenas temáticas consolidam demandas e criam Fórum Amazônico Municipalista

quinta, 24 de maio de 2018

24052018 DSC 0933 carta arenasApós uma maratona de dez arenas temáticas, num total de 20 horas de debates, sobre as principais necessidades setoriais para os Municípios brasileiros, a XXI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios apresentou os resultados desses painéis, que vão compor a carta Compromissos com o Brasil.

Durante a leitura dos documentos, a prefeita de Cristal (RS), Fabia Richter, agradeceu os anos que Paulo Ziulkoski, que presidiu a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) por 21 anos, dedicou ao municipalismo brasileiro. A gestora apresentou os resultados da arena temática de Saúde, reforçando a necessidade de os prefeitos apoiarem o Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (Conasems), pois a gestão do setor é feita na Comissão Intergestora Tripartite, com 300 federados.

“Precisamos ter uma atenção estratégica com a Tripartite. É dever dos prefeitos dar apoio político para que essa pactuação aconteça. Estamos numa aproximação fantástica com o Conasems como nunca aconteceu antes. Mas gostaríamos muito que os prefeitos com perfil na área da Saúde formassem um grupo para que, junto com o Conasems, possamos verdadeiramente escrever uma história municipalista para a saúde”, defende Richter.

O prefeito de Santana (AP), Ofirney Sadala, externou a felicidade em fazer a leitura do documento consolidado da arena de Administração. “Os compromissos estão na direção de mudanças nas leis. E quando falamos dessas mudança na lei, estamos buscando o princípio constitucional da Eficiência da gestão. Isso dará mais segurança e coragem para os prefeitos em suas decisões e administrações”, acredita.

Por fim, os gestores reunidos no Encontro Amazônico expuseram as necessidades que a região da Amazônia Legal, que engloba 772 Municípios, enfrenta. “É uma das regiões mais ricas do mundo, mas com uma população extremamente em dificuldade. Portanto, decidimos e criamos um Fórum Permanente de Municípios Amazônicos, na linha dos que os governadores estaduais fizeram, para defender políticas específicas para a região a partir da visão municipalista”, celebrou o diretor executivo da Federação das Associações de Municípios do Estado do Pará (Famep), Josenir Nascimento. Ele apresentou o documento final em conjunto com o prefeito de Manaquiri (AM) e diretor da CNM, Jair Souto.

Voltar